Europa/França/Paris/StopOver

Paris dia 3: Louvre e Arco do Triunfo

Esse post é continuação dos passeios do 3º dia em Paris. A primeira visita do dia foi no Chateau de Versalhes (post:Dia 3 Chateau de Versailles). Depois ainda visitamos o Museu do Louvre e o Arco do Triunfo, que é sobre o que vou falar agora. Nesses passeios também usei o Paris Museum Pass.

Antes de entrar no Louvre, fomos ver de perto o Arco do Triunfo do Carrossel (Arc de Triomphe du Carrousel), ele fica em frente ao Museu do Louvre, do outro lado da rua. Napoleão Bonaparte mandou construí-lo em homenagem ao Grande Exército, foi inaugurado em 1809, o baixo relevo no arco ilustram as batalhas do exército.

louvre paris-31

Louvre

Seu nome derivou da palavra franca leovar ou leower, que significa lugar fortificado. Originalmente uma fortaleza (fim séc.12) para proteger Paris de invasores vikings, depois ampliado e transformado em palácio servindo de moradias de reis. E em 1793 virou museu com obras confiscadas de reis e nobres franceses durante a Revolução Francesa.

Comentários das Fotos: Só em 1981 foi anexada a pirâmide de vidro da entrada central do arquiteto I.M.Pei, e a Pirâmide invertida que fica no átrio subterrâneo foi concluída em 1993.

Um dos museus mais famosos do mundo tem uma coleção de aproximadamente 380 mil items. São antiguidades orientais, egípcias, gregas, etruscas, romanas, arte do islã, artes da África, Ásia, Oceania, Américas.

É muita coisa para ver em um dia, o ideal é ver as peças mais importantes (famosas) e de gosto pessoal. Eu visitei por quase 4 horas e usei o Paris Museum Pass, que inclui o “Apartamentos de Napoleão (Hall Napoléon)” também, ele fica na Ala Richelieu.

Comentários das Fotos: Apartamentos de Napoleão (Hall Napoléon), uma demonstração de luxo e riqueza da época.

O museu é dividido em 3 Alas: Ala Sully, Ala Richelieu e Ala Denon. Mapa: aqui (em português).

E alguns dos objetos que consegui ver foram:

Comentários das Fotos: Quadro A Liberdade guiando o Povo (1830) de Eugène Delacroix, celebra a revolução de 1830 com a queda de Carlos X (rei da França). Coleção Egípcia, mais de 50 mil obras datadas de 4000a.C. é uma das mais completas do mundo. Vitória de Samotrácia, estátua em mármore de 190a.C. representa a deusa grega Niké (Vitória), feita para celebrar vitória naval grega em Rodes. Pedra do Código de Hamurábi (rei da Babilônia), o primeiro código de leis do mundo de 1800a.C., atrás tem os caracteres cuneiformes com 282 leis em 3600 linhas.

E vimos a obra mais famosa do museu:

Monalisa (La Gioconda), quadro de Leonardo da Vinci que é a obra de arte mais conhecida no mundo, seu tamanho é de 77 cm por 53 cm.

Um pouco mais sobre a História da Monalisa: Iniciada em 1503 foi usado a técnica do sfumato (técnica recriada por Da Vinci), que elimina as linhas de contornos e molda as figuras apenas com luz e sombras. Da Vinci foi o primeiro a usar essa técnica em uma pintura e de uma maneira totalmente inovadora. A mulher do sorriso enigmático tem algumas versões de sua identidade, seria um auto retrato de Da Vinci, uma mulher para quem ele trabalhava e mulher de um influente comerciante de Florença (a versão mais aceita). Viajada, da Itália foi para a França com seu dono-criador onde permanece até hoje, também “viajou” para os Estados Unidos e Japão para exposições temporárias mas claro com um seguro milionário. Não é a toa que tem um vidro à prova de balas protegendo-a, já a atingiram com ácido, pedra, xícara. Além de ter sumido por alguns anos quando foi roubada do Louvre (em 1911) e reaparecido alguns anos depois na Itália, o italiano Peruggia disse que queria devolver a obra à sua pátria de origem. E foi a partir daí que ela ganhou fama.

Outras obras do museu:

Horários e Preços:
Aberto das 9h às 18h; horários noturnos nas quartas e sextas, até as 21h45.
Aberto todos os dias, exceto nas terças-feiras e alguns feriados.

Ingresso:

Coleções permanentes: 10 euros

Exposições do hall Napoléon: 11euros

Bilhete combinado: (coleções permanentes e exposições do hall Napoléon): 14 euros

Entrada gratuita: no primeiro domingo do mês

Mais informações sobre horários e preços:aqui (em inglês)

Site Oficial: aqui

Arco do Triunfo

Inaugurado em 1832 na Praça da Estrela (Place de L’Étoile), foi encomendado por Napoleão para celebrar a Batalha de Austerlitz. Hoje em dia local de partida de muitas comemorações e eventos. Foi inspirado no arco de Tito em Roma. Tem 50 metros de altura.

A partir do arco saem 12 avenidas (impressionante), entre elas, a mais famosa a Champs Elysées criação de um antigo prefeito de Paris, Georges-Eugéne Haussmann.

Comentários das Fotos: Se prepare são muitas escadas (284 degraus). Mas a vista lá do alto do Arco é linda além das 12 avenidas, Champs, temos uma ótima visão da Torre Eiffel.

Mais informações sobre horários e preços no Site Oficial: aqui

O próximo post é do 4º dia de passeios em Paris: Dia 4: Reims – Torre Eiffel

Anúncios

Deixe um Comentário! Seu email não será divulgado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s